Como comecei?

Nesse 1 ano de @naodisse, me peguei pensando em quando criei esse instagram e como cheguei até aqui. Claro, não é nenhuma trajetória cheia de histórias incríveis e emoções a mil, mas foram 365 dias interessantes e que me fizeram crescer de uma forma ou de outra.

Antigamente eu me amarrava em desenhar figuras humanas no grafite. Ficava horas (quando batia a vontade de dedicar) desenhando até ficar do jeito que eu queria. Nunca ficava, no fim eu sempre achava que tava muito aquém da minha expectativa. Mas com a prática fui pegando o jeito e esses dois ultimos foram os que mais ficaram parecidos com as fotos originais e que o resultado me encantou bastante na época.

2016-05-21 20.07.14

Eu não aceitava a ideia de colorir meus desenhos, e acabei revendo esse meu conceito tão torto sobre cores. Eu sempre achava que eu ia estragar a ilustração se eu colorisse, até pq eu não tinha prática nenhuma com lapis de cor (somente na infância hehe).

Mas um belo dia, resolvi arriscar por causa de um trabalho na faculdade de Design (que infelizmente não tenho ele comigo) e comecei a colorir alguns dos meus desenhos.

ilustração de menina com coroa de flores

Já na faculdade de Psicologia, referência não me faltava. Gostava de desenhar meus colegas no sketchbook e assim fui brincando com os lápis de cor. Eu ainda não tinha muito jeito, e o papel pólen do sketch não é tão indicado pra essa técnica, por ser liso demais, mas já valia por estar tentando e me aperfeiçoando.

2016-05-21 13.59.56

Hoje não vejo mais nenhum desenho meu sem cor.

Sempre tive vontade de desenhar todos os dias, mas me faltava aquela inspiração que eu achava que todo artista tinha de forma inata (às vezes eu até acho que alguns tem, porque não é possivel sair tanta ideia bacana daquelas cacholas) e eu pensava nunca conseguir. Acaba somente desenhando alguns amigos e olhe lá. [vide foto acima e foto abaixo].

Com o tempo, a gente descobre que inspiração é fruto de prática e estudos intensos, e não de intervenção divina hehe

2016-05-21 13.59.13

Mas um belo dia resolvi brincar mais de desenhar, já que eu tinha tantos materiais parados em casa (provenientes da faculdade de Design Gráfico que eu fiz anteriormente) e que enchiam meus olhos de tanta alegria. Assim, criei o @naodisse pra poder me forçar a desenhar todos os dias, pelo menos alguma coisa e assim, desenvolver minha criatividade.

2016-05-21 19.49.23

É incrivel que como praticar sempre, faz a nossa cabeça se abrir pra algumas ideias. Confesso que ainda sou muito travada para ideias mirabolantes, mas não me sinto tão presa ao ilustrar alguma coisa de cabeça, e muito menos, para vislumbrar encomendas que vem chegando e preciso criar alguma coisa para mostrar ao cliente. Mas foi o início de tudo e me sinto muito feliz de olhar para trás e perceber o quanto venho evoluindo.

2015-08-01 16.36.43

Assim, os meses foram passando e recebi algumas encomendas, e vocês podem ver acima, a primeira encomenda que fiz para alguém tão distante. Não preciso contar o quanto fiquei agoniada com essa responsabilidade né?

lauraefamilia

Essa foi uma das mais recentes. Hoje percebo que meu traço se firmou e venho construindo um estilo só meu. Sinto muito orgulho disso tudo e adoro ver as pessoas confiando em mim para realizar trabalhos tão especiais como esses e me sinto realizada por não ter desistido das minhas ilustrações, mesmo que as vezes eu tenha tido vontade de jogar tudo pro alto.

Espero que esse post tenha sido de alguma forma, um jeito de inspirar você que ainda não sabe como começar. É simples, comece do nada hehe. Mas é isso mesmo, não tem muito segredo. Descubra o que gosta de desenhar e procure referências na internet. Eu ainda vou fazer uns posts sobre isso e espero ajudar quem tenha interesse em saber como faço pra me inspirar.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Como comecei?

  1. Xerlônio Ambrozino disse:

    Avante!

    Curtir

  2. Thatyane Mendonça disse:

    Aii Nathi, tão bacana ver sua trajetória e a evolução do seu traço que está cada vez mais lindo e único ❤

    Curtir

  3. Adorei o post, muito legal saber sua evolução no desenho 😉

    Curtir

    • Nathália Ferrari disse:

      acho válido compartilhar com as pessoas que morrem de vontade de tentar e pensam que desenhar é dom. mas não é! é prática! obrigada pela sua passadinha por aqui! ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: